AGENDA CULTURAL


A tendência, quando não estamos em contacto direto com algo, quer através da nossa formação quer pela influência de amigos e familiares, é ignorar. É isso que sentimos que os jovens, e estudantes do Ensino Superior, fazem com a Cultura. Falamos aqui da Cultura no seu sentido mais prático e artístico. 
Com que regularidade reservamos um pouco do nosso tempo para ir a um museu ou assistir a uma peça de teatro, ler um livro ou ir ao cinema? Estas pequenas práticas são fundamentais na nossa construção enquanto indivíduo.  

Sabemos que pode ser difícil decidir ou saber o que escolher dentre tão vasta oferta cultural. Sabemos também que a logística necessária pode ser um constrangimento, no entanto, tomamos como uma bandeira nossa a aproximação dos jovens às artes, à Cultura, esta tão abundante na capital.

Consulta todas as edições da AGENDA CULTURAL