Lisboa

Segundo a lenda, Lisboa foi fundada por Ulisses. O nome deriva de "Olissipo", palavra que, por sua vez, tem a sua origem nas palavras fenícias "Allis Ubbo', que significam "porto encantador".

O mais provável é Lisboa ter sido fundada pelos Fenícios e construída ao estilo mourisco, bem patente nas fortes influências árabes. Aliás, a cidade foi controlada pelos Mouros durante 450 anos. No século XII, os Cristãos reconquistaram Lisboa, embora só em meados do século XIII esta se tenha tornado a capital do país.

No início da Época dos Descobrimentos, Lisboa enriqueceu ao tornar-se um importante centro para o comércio de jóias e especiarias.

Porém, o grande passo em frente da expansão portuguesa chegou em 1498, quando Vasco da Gama descobriu o Caminho Marítimo para a Índia. Foi esse efectivamente o começo da Época de Ouro da cidade, caracterizada pelo estilo Manuelino na arquitectura, nome que advém do monarca da época, D. Manuel I, e que se caracteriza tipicamente pela utilização de motivos marítimos na sua decoração. Ao longo dos séculos, Lisboa cresceu e foi mudando naturalmente. Mais tarde, quando o centro da cidade foi destruído quase por completo pelo Terramoto de 1755, foi o Marquês de Pombal que se encarregou da sua reconstrução, criando assim a chamada Baixa Pombalina, uma área comercial que ainda hoje mantém a maior parte da sua traça original.

Lisboa é uma capital histórica; um potpourri com um carácter e um encanto fora do comum, onde 800 anos de influências culturais diversificadas se misturam com as mais modernas tendências e estilos de vida, criando contrastes verdadeiramente espectaculares.

Com vários motivos de encantamento, Lisboa Convida!

 

Cultura

Lisboa é uma capital cosmopolita de uma vasta oferta cultural e com eventos regulares todo o ano. Mas é uma cidade que não esquece as suas tradições e as vive com orgulho; falamos do fado e das festas populares de Lisboa.

Mas é a história de mil anos desta cidade que a torna única e que podemos testemunhar nos seus monumentos – desde a Lisboa romana, passando pela Lisboa mourisca até à capital de um vasto império.

Seja no Castelo, onde tudo começou, ou na zona monumental de Belém onde se encontram os maiores ícones da cidade – Mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém, sugerimos-te que sigas a calçada portuguesa para uma viagem pela história de Lisboa.

Nesta viagem que a cidade te propõe, não podemos deixar de fora os museus de Lisboa dos quais se destacam o Museu Nacional de Arte Antiga ou, um digno representante da arte contemporânea, Colecção Berardo, mas também alguns que são únicos no mundo – Museu dos Coches, do Azulejo e do Fado.

 

Onde ir?

Lisboa é famosa pela sua luz mas também pelo ambiente e pelo clima que proporcionam passeios maravilhosos ao logo das várias zonas da cidade – seja a pé ou de eléctrico!

Não tenhas pressa, os dias em Lisboa são para ser vividos com calma por entre um parque ou um miradouro, uma esplanada ou um café tradicional; desfruta do ambiente, das pessoas, do sol...

À noite a cidade transforma-se e zonas como o Bairro AltoSantosDocas e 24 de Julho, recomeçam numa animação de restaurantes, bares, discotecas que só acaba de manhã. E aí vais precisar outra vez da calma de uma esplanada ou de um miradouro para descansar.

 

Consulta as páginas da Câmara Municipal de Lisboa e do Turismo de Lisboa.