MENSAGEM DA PRESIDENTE

A Federação Académica de Lisboa representa mais do que a concretização de um sonho de diversas gerações de dirigentes associativos que não se reviam numa Academia demitida do seu papel, adormecida e fragmentada. Não é apenas mais uma estrutura, mais um projeto ou movimento com os dias contados. A Federação é hoje, quatro anos após a sua criação, mais do que o resultado da coragem, do mérito e do compromisso que anteriores estudantes assumiram perante os seus pares.
A Federação não vive da sua história, mas sim do futuro e da missão que promete preservar e dignificar ao longo do tempo. Vive do propósito, do reconhecimento do mérito das Associações de Lisboa, de uma cultura de rigor, trabalho e exigência, da defesa de um Ensino Superior livre e democrático que deve ser acessível para todos.
Os órgãos sociais da Federação Académica acreditam que os desafios que a Academia enfrenta não se ultrapassam com ideias vagas e propostas inconsequentes. Exigem, pelo contrário, uma visão global que se traduz num projeto responsável que não é alheio às especificidades de cada uma das Associações federadas. Não vivemos da ideia de um estatuto e futuro infalíveis, não tomamos o certo por adquirido nem o feito por acabado. Não acreditamos que o presente seja suficiente, nem nos contentamos com um máximo, porque será sempre possível fazer mais e fazer melhor. É tempo de consolidar a mudança que se está a verificar na Academia.
Defendemos a profissionalização das Associações e um acompanhamento personalizado às mesmas, adequando a nossa atuação às suas necessidades e expectativas. Cabe-nos estar à altura da exigência que nos requerem e servi-las com o sentido de lealdade, humildade e de determinação que merecem. Pautamo-nos pelo fortalecimento de uma relação de confiança, pelo desenvolvimento de sinergias sólidas, genuínas e transparentes, por uma lógica de verdadeira cooperação e complementaridade. Asseguraremos a sua inclusão e participação nos principais processos de decisão e na definição das orientações estratégicas da Federação, porque apenas em conjunto será possível sedimentarmos a diferença e o impacto que almejamos criar. Acima de tudo, é com este mote, o de servir as Associações e assegurar a sua representação, por igual, que agimos. Pretendemos dar voz às suas especificidades, aos interesses que legitimamente defendem e àquilo em que acreditam.
Privilegiamos a consolidação da nossa intervenção nos domínios da Política Educativa, da Ciência, da Tecnologia, da Responsabilidade Social, da Cultura, da Formação e do Desporto, assente numa reflexão aprofundada e numa preparação rigorosa.
Aceitamos o repto de ser mais, e de fazer mais pela Federação que pretendemos ter no futuro. Move-nos um Ensino Superior enquanto base do progresso material e civilizacional de Portugal. Move-nos um modelo que permita a atualização e permanente inovação do conhecimento, ao invés da sua réplica. Reivindicamos um Ensino Superior que contribui de forma ativa para melhorar as condições de vida de toda a população e para a construção de uma sociedade mais justa, interessada e informada, que permita aos jovens adquirir as ferramentas necessárias para concretizarem os seus sonhos e alcançarem os seus objetivos.

Pela Consolidação da Academia.

A Presidente da Direção-Geral da Federação Académica de Lisboa

Sofia Escária