A Universidade Católica Portuguesa constitui:

  • Uma comunidade académica que contribui para a defesa e o desenvolvimento da pessoa humana e do seu património cultural mediante a investigação, o ensino e os serviços prestados.
  • Uma presença no mundo universitário português que se carateriza por uma visão cristã do homem, dando um contributo específico ao conjunto dos conhecimentos.

A UCP é reconhecida pelo Estado como instituição universitária livre, autónoma e de utilidade pública.

A criação da UCP data de 1967 e o reconhecimento oficial de 1971.

É a primeira universidade portuguesa moderna que não foi instituída pelo Estado mas sim pela Igreja católica, ao abrigo da Concordata de 1940 entre o Governo português e a Santa Sé.

Desde então tem dado um contributo significativo para o desenvolvimento do ensino superior em Portugal. O próprio diploma de enquadramento legal da UCP - Decreto-Lei nº 128/90 publicado em 1990, assim o reconheceu.

A nova Concordata de 2004 afirma expressamente, no seu artº 21º, a «especificidade institucional» da Universidade Católica Portuguesa.

O ensino na UCP - que, em 50 anos de existência, concedeu graus a mais de 44.000 alunos - procura aliar excelência académica e formação para os valores.

A estrutura da UCP é regional. Embora a Universidade seja uma só, compõem-na quatro grandes centros, Lisboa, Porto, Braga e Viseu . Lisboa é a sede da Universidade.

CONTATOS

Web: http://www.lisboa.ucp.pt/
Email: info [at] reitoria.ucp.pt

Morada:
Palma de Cima
1649-023 Lisboa

Telefone:
+351 217 214 000