FAL, AAUAlg e AAUÉ celebram protocolo de Cooperação Estratégica

Na passada quarta-feira, dia 6 de Maio de 2015, a Federação Académica de Lisboa, a Associação Académica da Universidade de Évora e a Associação Académica da Universidade do Algarve celebraram a assinatura de um protocolo de Cooperação Estratégica, momento que concretiza uma das metas nucleares do mandato da presente direção, a aproximação institucional das Federações e Associações Académicas e de Estudantes da região Sul. 

O evento teve lugar na Sala dos Atos da Universidade de Évora, integrando o programa das comemorações do Dia do Associativismo, tendo sido presidido pela Magnifica Reitora da Universidade de Évora, a Professora Doutora Ana Costa Freitas. O painel contou ainda com a presença do Vice-Reitor da Universidade do Algarve, Professor Doutor Paulo Águas, Presidente da Câmara Municipal de Faro, Doutor Rogério Bacalhau e Vice-Presidente da Câmara Municipal de Évora, Doutora Élia Mira.

O documento foi alvo de escrutínio por parte do painel, tendo sido recebido com particular interesse, tanto por parte dos órgãos de gestão das Instituições de Ensino Superior como pelos representantes autárquicos presentes que sublinharam a importância da natureza do diploma, em particular a meta de estabelecer iniciativas de interligação regional com impacto na comunidade estudantil afeta às áreas de influência, bem como no tecido social local e regional, visando o desenvolvimento de competências e partilha de conhecimento entre as estruturas.

Também os representantes das instituições signatárias teceram comentários à significância do documento. Nuno Lopes, Presidente da Associação Académica da Universidade do Algarve, assinalou que “hoje unimos esforços com a Associação Académica da Universidade de Évora e com a Federação Académica de Lisboa com o intuito de partilharmos experiências e criarmos sinergias em prol do associativismo de qualidade a sul do país”. Luís Pardal, Presidente da Associação Académica da Universidade de Évora destacou a importância da data referindo que “o dia de hoje fica marcado na história do associativismo estudantil, em que três estruturas de representação dos estudantes assinam um protocolo de cooperação estratégica em prol de uma interligação regional através da discussão de Política Educativa do Ensino Superior assim como a partilha de competências e conhecimento nas áreas da cultura e recreativas.” André Pereira, Presidente da Federação Académica de Lisboa analisou o momento referindo que “as pontes que hoje estabelecemos são apenas uma etapa do percurso que não pode terminar nas estruturas associativas. Queremos ser um elemento forte na equação regional, equação essa que só será reforçada se agregar todos os agentes de Ensino Superior na persecução de objectivos transversais. Contamos por isso com as Instituições de Ensino Superior como agentes cooperadores na construção de academias reforçadas e relações coesas nos vários patamares de operação.”

Com satisfação pelo momento e com sentido de responsabilidade reforçado, as três estruturas iniciarão em breve um ciclo de reuniões com representantes das Instituições de Ensino Superior, Câmaras Municipais e demais agentes de Ensino Superior, visando envolver a totalidade dos representantes neste projeto de modo a concretizar em resultados as vontades expressas pelas estruturas estudantis.