Assembleia Constituinte

No dia 20 de Novembro de 2014, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa, realizou-se a Assembleia Constituinte da Federação Académica de Lisboa.

A cerimónia teve início com a actuação da Tunassa – Tuna Feminina do Instituto Superior de Agronomia – que presenteou os presentes com uma boa dose de alegria e boa disposição. Ao som da cidade de Lisboa, não poderia ter existido melhor forma de homenagear o sonho que se estava prestes a materializar.

O estudante Tiago Correia, do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa, abriu a sessão com um discurso de boas vindas que culminou com a apresentação da Mesa da Assembleia Constituinte, composta pelos seguintes membros:

Presidente – Eunice Afonso (Universidade de Lisboa)

Vice-Presidente – Tiago Pinheiro (Universidade Nova de Lisboa)

Vogal – Luís Santos (ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa)

Após a constituição da Mesa, a estudante Teresa Nóbrega, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, apresentou o projecto e os motivos que levaram à criação da Federação Académica de Lisboa, tendo evidenciado a necessidade de unir a academia e produzir trabalho a nível de política educativa. Justificou o aparecimento da FAL com a vontade de construir um futuro mais próspero para o Ensino Superior nos planos regional, nacional e internacional.

A Comissão Instaladora, responsável pela gestão da Federação até à eleição dos primeiros órgãos sociais foi apresentada em seguida, sendo composta pelos seguintes membros:

André Pereira (ISCTE-IUL)

Pedro Sereno (IST-UL)

Pedro Roque Domingues (FA-UL)

André Jorge (ISEG-UL)

André Sousa (ISEG-UL)

Teresa Nóbrega (FCM-UNL)

Frederica Mouro (FMH-UL)

João Frederico Branco (FCT-UNL)

Tânia Lourenço (ISA-UL)

Após a apresentação dos Estatutos pelo estudante Pedro Sereno, do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, foi altura de escutar a opinião de elementos de outras academias.

A Presidente da Associação Académica da Universidade do Algarve, Filipa Braz da Silva, usou da palavra, seguindo-lhe o Presidente da Associação Académica da Universidade de Évora, Luís Pardal, e o Presidente da Federação Nacional de Associações de Estudantes do Ensino Superior Politécnico, Daniel Monteiro. Ao mesmo tempo que elogiaram a criação da Federação Académica de Lisboa, surgiram também apelos à concertação, nomeadamente no Sul do país.

Para terminar, o estudante André Pereira, do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, enquadrou a Federação Académica de Lisboa no panorama nacional e internacional, e deixou clara a vontade de trabalhar em prol dos estudantes e do Ensino Superior.

Pelas 19h terminou a Assembleia, tendo sido servido um Porto de Honra ao som da Tuna feminina do Instituto Superior de Agronomia.

Neste dia, podemos orgulhosamente afirmar que a Academia de Lisboa Mudou!